Starry Sun Reiki Luz Para Todos!: Fevereiro 2017

Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A CRISE DE CURA APÓS RECEBER REIKI



Falar de “crise” e de “cura” numa mesma frase e contexto parece estranho, mas tem tudo de natural. A crise de cura faz parte de um processo que o nosso corpo tem, para voltar a encontrar o seu equilíbrio e harmonia. Tanto poderás ter a crise de cura após um autotratamento como também numa sessão de Reiki que recebas de alguém.

A crise de cura e o Reiki

Dizia o Mestre Usui que “Tudo no Universo tem Reiki sem excepção alguma”. Isto significa que tudo é feito de energia, tudo tem energia. Então, quando aplicamos Reiki a nós mesmos ou a outros, estamos a aplicar energia em energia, procurando equilibrar e harmonizar a energia, ou a que está em nós ou a que está nos outros.
Neste processo de harmonização, poderemos encontrar bloqueios ou excessos de energia. Esse tipo de situações irão manifestar-se fisica, emocional ou mesmo mentalmente na pessoa. Isso também se poderá traduzir, resultar, em algum tipo de reacção do corpo.
Estas reacções físicas, são as chamadas crises de cura, em japonês, koten hanno. Podes então encontrar reacções naturais, como diarreia, dores de cabeça, vómitos, febre, arrepios, entre muitas outras. O grande problema é que ninguém gosta de ter estas reacções e como tal, acham que algo está errado, quando pelo contrário, o corpo está a reagir muito bem, com um processo de limpeza.
A crise de cura não surge em todos os autotratamentos ou em todas as sessões de Reiki, alias é muitas vezes a excepção à regra, por isso não tenhas “receio” de que te vá acontecer.

Como auxiliares no processo da crise de cura

Se sentes que estás a ter uma crise de cura, ou melhor um processo para o teu equilíbrio e harmonia, então poderás auxiliar tendo em conta aquilo que escutas do teu corpo. Poderás sentir necessidade de beber mais água morna ou chá, poderás precisar de descansar mais ou até mesmo voltar a aplicar o autotratamento. Tenta escutar o que o teu corpo pede e se for mesmo algo como “é preciso ir apanhar ar”, então deves ir. Lembra-te que a crise de cura é um processo natural, do teu corpo e como tal, sempre que o escutares, estarás a auxiliar ainda mais.
Outra coisa que poderás fazer para auxiliar é promoveres o fluxo de energia, sentires a energia a circular por todo o corpo, saindo pelas mãos e pelos pés. É uma forma de reciclagem que pode ser promovida com o Joshin Kokyu Ho.
Já sabes que não tens que ter receio porque tudo não passa de reacções naturais e que é o teu próprio corpo a querer encontrar a sua harmonia. Claro que deves ter atenção aos sinais e procurar um médico, no caso de ser necessário.
A prática de Reiki é como água sobre azeite, traz ao de cima, evidencia, o que precisa ser tratado. Por isso mesmo, esta é “a arte secreta de convidar a felicidade“.
http://www.joaomagalhaes.com/o-tao-do-reiki/2017/02/a-crise-de-cura-depois-de-uma-sessao-de-reiki/
http://www.joaomagalhaes.com/o-tao-do-reiki/2014/10/a-crise-de-cura-no-reiki-publicacao-na-revista-reiki-yoga/

E SE TE INTERROMPEREM DURANTE A APLICAÇÃO DE REIKI ?



Se estás a fazer o autotratamento Reiki, poderás em alguma altura ser interrompido. Isso poderá provocar-te um susto, ou por estares relaxado ou apenas por estares concentrado neste teu momento. Mas o que poderás fazer caso te interrompam?

O que fazer com o autotratamento em caso de interrupção

Caso tenhas que parar o autotratamento, quer seja por alguém te chamar ou por teres que fazer algo, não te preocupes, não tem problema algum. Levanta-te e trata das situações que tenhas que resolver. Poderás apenas ter que te enraizar ou inspirar mais profundamente para que possas estar mais presente e focado no momento presente, mas à parte disso, trata de todas as tuas questões.
Quando tiveres tudo resolvido podes regressar ao teu autotratamento e fazer o seguinte:
  • Verifica se precisas fazer as técnicas de limpeza novamente;
  • Volta a fazer o enraizamento;
  • Liga-te à energia;
  • Podes começar o autotratamento da última posição onde paraste;
  • Se adormeceres, já sabes que não tem problema algum.
Interromper o autotratamento não tem problema algum, pensa sempre que mais vale pouco que nada e à medida do tempo, irás sempre fazer mais e melhor.
http://www.joaomagalhaes.com/o-tao-do-reiki/2017/02/e-se-te-interromperem-a-fazer-o-autotratamento/

O FIM É UM NOVO COMEÇO...E ASSIM É O REIKI!



"Não fiques satisfeito com o pouco sucesso de obter um certificado. Continua a Aprender, estudante!". A sabedoria do Imperador Meiji lembra-nos o esforço contínuo que devemos ter na vida. O fim, é apenas um novo começo, por isso mesmo, a prática de Reiki é uma vivência contínua, ilimitada. Só por hoje, tem um dia feliz, muito pleno de Reiki!

Posso ter o certificado de Mestre de Reiki, mas continuo aprendendo todos os dias!

Saudações reikianas!

Greice Peplau Cani

O CAMINHO DO REIKI É LONGO E ARDUO



Compartilho de este artigo porque concordo com este Mestre.

Há quem se identifique como Mestre de Reiki, há quem critique quem se identifica como Mestre de Reiki e há quem indique aqueles que são Mestres de Reiki. O “título” de Mestre de Reiki é alcançado com o Gokukaiden, “A passagem dos ensinamentos misteriosos”, que ocorre após o Shinpiden, “Os ensinamentos misteriosos”. Mas, seremos automaticamente Mestre de Reiki após completarmos um curso, ou será algo que se vai construindo ao longo da vida? As opiniões são muitas, mas neste momento irei partilhar o que sinto e penso sobre mim mesmo.
Ser um Mestre de Reiki e cinco razões pelas quais não sou um
Quando encontrei o Reiki, foi numa altura em que fazia já um trabalho terapêutico, também ele energético com os outros. Foi uma descoberta ao “acaso”, para que melhor pudesse ajudar os outros, nunca pensei que fosse para mim mesmo. Cada nível de Reiki trouxe-me uma espécie de interesse profundo e inquieto, foi uma espécie de “desassossego” que me inspirou a procurar quem era a pessoa que vira numa fotografia de má qualidade e como afinal tudo tinha surgido, e o que era verdadeiramente Reiki.
Dezasseis anos passaram-se desde esses momentos iniciais e continuo com essa inquietude, se bem que com uma entrega maior. Apesar de praticar diariamente, observo ainda cinco razões pelas quais não sou um Mestre de Reiki. Essas razões vêm pela sabedoria dos cinco princípios:
Só por hoje, sou calmo
Apesar de tentar cultivar uma profunda harmonia em mim, nem sempre consigo ser harmonioso. Apesar de em muitas situações tentar preservar a harmonia, uma pequena tempestade surge. Os desafios do ensino tornam-se agudos quando por um lado temos que escutar e pelo outro temos que pedir para não falar tanto. A calma e a harmonia são mesmo necessárias e são os momentos em que as perdemos que nos mostram cada vez mais a necessidade de serem alcançadas.
Confio
Sem dúvida que confio em mim, que confio na própria vida. Por vezes surgem dúvidas e se… Essas dúvidas trazem a fragilidade da desconfiança e podem ainda cultivar um pequeno veneno no coração. É mesmo preciso estar vigilante, consciente e presente em todos os momentos. Lembrar que a confiança também se constrói, como tudo.
Sou grato
A gratidão é das melhores experiências e vivências que tenho, mas nem sempre sei se agradeci convenientemente ou se me lembrei de agradecer a todos os que participaram para que algo acontecesse. Sim, por vezes falho aí e surgem as desilusões e a tristeza. Então, perante essas situações, só posso ser grato para que possa ser cada vez mais consciente e atento. Isso implica ser ainda mais calmo e confiante.
Trabalho honestamente
Trabalhar honestamente não significa apenas cumprir horários ou contractos, mas também comunicar. E a comunicação é o que há de mais difícil para toda a humanidade e é o que por vezes cria mais confusões. Como comunicar para ser compreendido, como escutar para compreender, como dialogar para um caminho do meio. Algo de muito difícil e que me traz uma longa jornada de reflexão que deverá continuar por muito e muito tempo.
Sou bondoso
Ser bondoso não é simples, porque por vezes tem que se tomar decisões que para os outros não parecerão bondosas, nem parecerão adequadas aos cinco princípios, mas isto porque estão apegados a uma leitura simplista e unidireccional dos princípios. Para que a harmonia exista entre muitos, tem que se corrigir algumas situações. Umas são nossas mesmas, outras são provocadas por terceiros. A bondade pode estar presente nas decisões, não quer dizer que por isso mesmo seja compreendida. Quando começamos a compreender o que é ser bondoso para connosco e para com os outros, compreendemos melhor a missão que o Mestre Usui nos legou. A bondade é difícil, mas não impossível.
Como vês, são cinco razões muito simples pelas quais não me posso considerar um Mestre de Reiki, mas são também cinco razões que me levam a querer ser cada vez melhor. Por isso mesmo, o Usui Reiki Ryoho é um caminho de vida… longo, mas pleno de boa vivência.

No Mestre Usui, nele sim reconheço a visão, a atitude, a sabedoria de um Mestre de Reiki, ou não fosse ele o fundador do método. Foi a ele que procurei para compreender o que era “Reiki” e foi graças a ele que compreendi o que é o Usui Reiki Ryoho. Dezasseis anos é apenas um período muito curto de tempo e de inexperiência. A vida é longa e requer diligência, aplicação árdua e constante, pois se Reiki parece simples, o seu caminho é árduo, mas o nosso interior, esse vai-se tornando cada vez mais leve e humano. Ser Mestre de Reiki é também um momento que se inicia no primeiro dia do primeiro nível de Reiki.


http://www.joaomagalhaes.com/o-tao-do-reiki/2017/01/o-caminho-do-reiki-e-longo-e-arduo/

REIKI PARA LEVAR PRA CASA



Levar o Reiki para casa
Aluno - "Enquanto estou na formação, parece que consigo tudo. É fácil concentrar-me e é fácil fazer Reiki, mas quando chego a casa as coisas mudam! Não consigo concentrar-me e além de precisar muito de Reiki, parece que não encontro lugar e hora para fazer. Como mudar isto?"
Mestre - É mesmo necessário alguma disciplina, para incluirmos o Reiki no nosso dia a dia. Se não conseguem fazer o auto-tratamento completo, coloquem pelo menos as mãos no chakra cardiaco e deixem fluir. Quando temos muita dificuldade em parar, o ideal é sempre começar por pequenos períodos de tempo. Comecem por 5 minutos de manha na primeira semana. Depois vamos aumentando para 10 minutos, 20..... o importante é encontrar a vontade e não o tempo certo, porque esse somos nós que o criamos! 

Saudações reikianas!!

EVENTOS PROGRAMADOS E COM INSCRIÇÕES ABERTAS










INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ DIA 16/02/2017 COM VAGAS LIMITADAS!

47 991060980

TÉCNICAS TERAPÊUTICAS









FITOTERAPIA


AROMATERAPIA

ACUPUNTURA COM BASE NOS 5 MOVIMENTOS CHINESES E SEM AGULHAS!!


ORGONE TERAPIA




ENTRE EM CONTATO E AGENDE SUA SESSÃO TERAPÊUTICA!

47 991060980
47 35450496

GREICE PEPLAU CANI

RETORNANDO AS ATIVIDADES




Boa tarde!!

Depois de um período afastada das atividades devido a gravidez, estarei retornando as atividades a partir do dia 16/02/2017 e com alguns cursos pré-agendados e que estão quase com as vagas esgotadas é muita satisfação e gratidão poder voltar com muita energia e vontade para atender meus caros clientes.
E voltarei com novas postagens todos os meses.

 47 991060980 / 35450496

Greice Peplau Cani