Starry Sun Reiki Luz Para Todos!: Outubro 2013

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

REIKI COLOCA A CURA NA PALMA DA MÃO



“No final das aplicações, as pessoas acabam dormindo e, quando acordam, em diversos casos sorriem muito e querem abraçar o terapeuta.” O relato do terapeuta holístico e mestre reikiano Sérgio Gubes, para ele resume o que o reiki é capaz de fazer pelos pacientes. A ideia da prática, com a imposição de mãos de um mestre reikiano, é atuar nos quatro pilares de sustentação do indivíduo: espiritual, emocional, físico e da racionalidade. “Quando as pessoas chegam a um consultório médico com um problema na parte física, é porque as outras três estão comprometidas”, defende Gubes.


A prática pretende normalizar o fluxo energético do indivíduo, por imposição das mãos, conduzido por um ente espiritual. “Isso traz resultados que cientificamente não se entende, mas que acontecem. Levam a um relaxamento que por sua vez traz a pessoa a uma harmonia”, diz. O grupo ao qual Gubes pertence, Reiki no Parque, está em tratativas com um hospital de Porto Alegre para praticar a técnica em pacientes paliativos – sem a possibilidade de cura internados. “Não queremos substituir tratamentos com o reiki, mas sim mostrar que a medicina tradicional, a alopatia, a acupuntura, tudo deve estar integrado buscando o bem-estar do paciente”, afirma.

RECARREGUE SUAS ENERGIAS PARA O FIM DE ANO



O ser humano é um ser eletromagnético, ou seja, é um ser composto de energia, assim como tudo que está a nossa volta.
Segundo Albert Einstein, toda matéria é feita de energia, ou seja, tudo no universo é composto de várias manifestações de uma mesma coisa chamada energia. Einstein comprovou cientificamente que energia e matéria são duas manifestações diferentes da mesma substância Universal. Esta energia Universal é a energia ou vibração básica, da qual todos nós somos constituídos.
Na nova visão holística, este conceito se torna bem mais abrangente. Pois neste novo conceito, energia é absolutamente tudo. Hoje já foram identificados muitos tipos de energia: a energia solar, radioativa, indutiva, elétrica, atômica, térmica, luminosa, plásmica, cósmica, vital e outras. Também foi descoberto que toda ou qualquer energia é manipulável, ou seja, você pode direcioná-la e transformá-la.
Aqui trataremos especificamente da energia pessoal, ou seja, a energia do ser humano, aquela que utilizamos para fazer todas as coisas em nosso dia-a-dia, sem a qual nos sentidos, cansados, sem disposição ou até mesmo estressados, podendo vir a ocasionar até mesmo algumas doenças.
Nos tempos atuais, com toda a correria do dia-a-dia, poucas, horas de sono, e má alimentação acabamos desperdiçando muito da nossa energia, e não a repomos da forma e quantidade correta para o nosso equilíbrio. Essa perda de energia pessoal pode ser manifestada de várias formas, tais como:

Falha de memória (o famoso "branco")
Cansaço físico
O sono deixa de ser reparador
Ocorrência de doenças degenerativas e psicossomáticas
Os projetos são "aposentados" para economizar energia
O crescimento pessoal, a prosperidade e a satisfação diminuem
Os talentos não se manifestam mais por falta de energia
O magnetismo pessoal desaparece
Medo constante de que o outro o prejudique, aumentando a competição, o individualismo e a agressividade
Falta proteção contra as energias negativas e aumentando o risco de sofrer com o "vampiro energético", entre outros.

É importante entendermos que para movimentar-se e agir nosso corpo precisa de energia, que provém de diversas fontes: dos alimentos, do sol, do ar, da água e dos sentidos. Em geral, as pessoas acreditam que a sua energia vem apenas dos nutrientes contidos nos alimentos, mas desde a antiguidade acredita-se que na energia vital. Esta energia é que faz toda a diferença na manutenção e recuperação da saúde. Segundo os sábios da antiguidade, nós possuímos um corpo vital acoplado ao corpo físico que é responsável pelas funções vitais e pela manutenção da saúde e da vida. Este corpo é nutrido com o Prana, absorvido através dos chakras (vórtices bio-eletro-magnéticos de captação e transdução de energia), alimentos (in natura), ar puro, banhos de sol, chuva e cinco sentidos.
Pense em seu corpo como uma máquina, que precisa do combustível de qualidade para fazer bom uso da energia. É mais ou menos assim que funciona, e estar atento a pequenos detalhes em seu dia-a-dia, mudando alguns hábitos, certamente fará com que você se sinta muito mais revigorado e com as energias recarregadas. Há várias formas de alimentar seu corpo com a quantidade de energia que ele precisa e evitar os desconfortos e doenças.

Aqui vão algumas dicas de como recarregar suas energias e melhorar sua vitalidade.

Silenciar a mente: O caminho mais curto, e nem por isso mais fácil, para silenciar a mente é voltar-se para dentro de si mesmo. Um bom jeito para começar é sentar-se em um lugar calmo e prestar atenção na entrada e na saída do ar, concentrando-se somente em sua respiração. Mas é preciso saber que esvaziar a mente é um processo que requer treino, certamente não será na primeira vez que você vai conseguir. Mas, com o passar do tempo, ficará mais e mais fácil. De qualquer forma, o simples fato de você estar reservando um momento de descanso para sua mente, voltando-se para dentro de si mesmo, já irá fazer uma boa diferença.
Beber água: Todos os médicos batem frequentemente nessa tecla e pouca gente segue a dica, mas é necessário tomar bastante água, nosso corpo precisa dela para manter-se saudável. Em alguns casos, o cansaço nada mais é do que sintoma de desidratação. E as quantidades não precisam ser absurdas; mais uma vez, siga a regra de beber pouca água, mas frequentemente. Isso serve tanto para sedentários quanto para atletas. Um recente estudo com esportistas verificou que 92% sentiram fadiga ao beber água abaixo da quantidade recomendada por quinze horas.
Pensar positivo: Nossos pensamentos influenciam muito em todo o nosso equilíbrio, tanto físico, quanto mental e emocional, e certamente os pensamentos positivos farão uma boa diferença em sua postura perante muitas situações, fazendo com que você poupe energia, e se sinta bem consigo mesmo. Já dizia Buda: “Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.” Pense em coisas boas e atrairá coisas boas para a sua vida.
Dormir bem, mas não dormir demais: O cansaço e desânimo é sinal de que é preciso recarregar as baterias. Durma bem, mesmo que seja apenas no seu dia de folga. Para cansaço, nada melhor que descansar de verdade. Durante o sono produzimos o hormônio do crescimento (GH), cuja carência facilita o acúmulo de gordura, deixam os músculos flácidos, os ossos fracos e o corpo sem ânimo. Mas isso não quer dizer que você deve dormir demais.É importante descansar, mas isso não significa que vale passar um fim de semana inteiro na cama, a fim de compensar noites mal dormidas. Isso só irá resultar em mais cansaço. Quando o ciclo de sono é alterado em mais de duas horas, os mecanismos de acordar e dormir ficam bagunçados. Tente manter os mesmos horários para ir para a cama e também para sair dela e perceberá os resultados.
Contato com a natureza: O contato com a natureza é sempre muito revitalizante e recarrega as energias de qualquer um. A energia vital está presente em toda parte, mas mais intensa na natureza, e a captação é maior quando aliamos consciência e intenção (aspecto quântico). Estar em contato com  natureza e imaginar-se recebendo essa energia pode ser muito eficaz.
Tomar sol: A exposição ao sol também é muito importante. Uma boa caminhada ao sol pode ser uma ótima opção. O banho de sol também conhecido como helioterapia, sendo também é muito revitalizante e curativo, mas deve ser feito com moderação (10 a 15 minutos cada lado - ventral e dorsal). e observando alguns cuidados, como os horários antes das dez da manhã ou após as cinco da tarde e o uso de protetor solar.
Alimentação saudável: Uma alimentação balanceada também é muito importante para o seu processo de reenergização. Coma cereais, frutas, verduras e legumes. Alimentos ricos em fibras são uma boa pedida para a primeira refeição do dia. Um estudo da Universidade de Cardiff (País de Gales) constatou que consumidores de cereais no café apresentam 10% de redução de fadiga, menor chance de depressão e maior capacidade cognitiva. Uma teoria, não confirmada, é que as fibras tornam mais lenta a absorção dos alimentos no estômago, o que mantém alto nível de açúcar no sangue por mais tempo.Também é recomendável, fazer mais refeições durante o dia e em porções menores. O consumo de alimentos naturais e orgânicos, também reabastece significativamente o nível de energia, uma vez que todo alimento fresco e produzido organicamente e naturalmente é mais rico em energia vital, assim devemos dar preferência a ingestão destes.
Praticar exercícios físicos: A prática de exercícios físicos dispensa comentários. Os benefícios são inúmeros. É claro, que a prática também deve ser feita com moderação e de acordo com as possibilidades físicas de cada pessoa, uma boa caminhada pode ser a melhor opção.
Ouvir música: No trabalho ou em casa, pode ser uma boa pedida ouvir música regularmente. Uma pesquisa comparou, dentro de uma empresa, funcionários que ouvem música e os que não ouvem. Os portadores de iPods e similares foram registrados como sendo 10% mais produtivos do que o grupo sem música.
Terapia de Reiki:Além de todas essas opções de simples acesso à todos, a terapia de reiki também é extremamente eficaz e recomendada para recarregar as energias. Uma hora de reiki chega a equivaler a 4 horas de sono. O reiki é a energia vital universal e canalizada ao ser humano durante a aplicação, proporciona um profundo estado de relaxamento e bem-estar, sendo também revitalizante.


      O fato é que somos energia, e dependemos dela para todas as atividades, sejam elas mentais ou corporais. Estarmos cientes disso e de que cabe a nós mesmos repor essa energia através de hábitos saudáveis, já é um primeiro passo. O seu corpo é  seu templo e cabe à você preservá-lo. Começar a seguir algumas dessas dicas pode trazer grandes resultados em seu dia-a-dia. Vale a pena tentar, não é mesmo?

REIKI NA IMPRENSA



Segue mais uma reportagem de REIKI:





http://reikipartilhas.blogspot.com.br/p/artigos-de-imprensa-e-televisao.html

REIKI NAS FÉRIAS APROVEITE O MOMENTO!!



Nas férias alteramos as nossas rotinas diárias e, por vezes, torna-se difícil cumprir os hábitos de meditação ou auto-tratamento com Reiki que tentamos seguir no resto do ano. Mas se pensarmos que o Reiki é simples e não exige pressupostos complicados, rapidamente verificamos que o podemos continuar a praticar sempre e em todo o lado, mesmo em férias. Aqui ficam algumas dicas:
http://www.beyoureiki.com/wp-includes/js/tinymce/plugins/wordpress/img/trans.gif
1 - Se nas férias fizer várias deslocações (de carro ou outro meio de transporte) e não precisar de ir a conduzir, aproveite esse tempo de que dispõe para fazer Reiki. Basta colocar as mãos em pontos do corpo mais acessíveis (plexo solar, rins, chacra esplénico, chacra da raiz ou joelhos, por exemplo) e deixar a energia fluir;
2 - Aproveite a praia para fazer Reiki. Esta é uma prática que pode ser muito benéfica feita ao Sol, desde que a horas adequadas à exposição solar. Pode optar por ficar sentado numa posição que lhe seja confortável e colocar as mãos em zonas discretas do corpo, deixando o Reiki fluir;
3 - A praia é também um contexto favorável para a limpeza dos canais energéticos. Experimente ir ao banho e respire fundo várias vezes (inspirar pelo nariz e expirar pela boca); visualize o Sol a entrar-lhe no chacra da coroa, limpando e purificando todo o seu corpo por dentro; visualizando todos os canais energéticos a serem limpos e as impurezas a saírem pelas plantas dos pés em direção ao mar;
4 - Se passar férias em zonas verdes, pode também aproveitar para fazer um pouco de Reiki. Mesmo que esteja acompanhado da família ou amigos, aproveite uma pausa, nem que seja de cinco minutos, para sentir o contexto envolvente, ouvir os pássaros e as folhas das árvores que se mexem com o vento. Permita-se estar apenas. Se quiser, imagine a energia vital universal a entrar em si e a limpá-lo e purificá-lo, deixando as impurezas saírem pelas suas raízes imaginárias em direção à terra;
5 - Nos passeios que fizer junto à natureza aproveite para inspirar pelo nariz e expirar pela boca, imaginando que inspira Reiki, levando-o ao seu tanden e daí irradiando para todo o corpo;
6 - Se fizer um piquenique num parque florestal ou outro do mesmo tipo, leve uma manta para se deitar por baixo de uma árvore e fazer Reiki. Pode optar por aplicar em zonas discretas do corpo, nomeadamente no plexo solar. Ou então, aproveite para meditar, podendo até convidar as pessoas que o acompanham (se forem receptivas a este tipo de prática) para o fazerem consigo;
7 - Qualquer altura é boa para meditar nos Cinco Princípios do Reiki, recitando-os e deixando-os ressoar no seu coração;
8 - Aproveite o tempo livre de que dispõe para impor uma rotina de meditação ou auto-tratamento. Por exemplo, passe a fazer todos os dias das férias depois de almoço quando toda a família está a dormir a sesta.
Estas são apenas algumas sugestões, mas tudo é possível. Basta estar com mente limpa e coração predisposto para que o Reiki flua para o nosso bem maior.
Aproveite sobretudo as férias para descansar, para se desligar de tudo o que o impede de relaxar e… seja Reiki. BOAS FÉRIAS! ;)



REIKIANO SEJA UM VOLUNTÁRIO



Gostaria de convidar aos reikianos (as) que queiram ser voluntários entrem em contato comigo para realizarmos partilhas de REIKI, o objetivo é atender pessoas que queiram conhecer está terapia e sem custo algum fazerem uma sessão para ter idéia do bem que faz.
Caso algum reikiano (a) tenha interesse em se dispor de um dia por mês a fazer parte deste grupo de voluntários para ampliarmos o número de pessoas beneficiadas, estou a disposição nos telefones:
47-35450496 / 91060980
Ou e-mail: greicepeplau@gmail.com

Saudações Reikianas!

Mestre de Reiki Greice Peplau

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

REIKI PARA CICATRIZAÇÃO



O REIKI é um acelerador na hora de cicatrizar, principalmente se você recebe reiki antes e pós - operatório a recuperação é impressionante que não há médico que comente da recuperação de um paciente que receba reiki a distância em quanto está no hospital ou em casa de repouso.
POR ISSO busque a terapia complementar que somente ajudará no tratamento seja ele físico, mental ou emocional pois ele equilibra a energia e retirar o que não é bom para nós.
Principalmente diabéticos que tem dificuldades de cicatrização é recomendado para melhor recuperação pós-operatório.

Saudações REIKIANAS!!! Sintam-se abraçados!!! LUZ E PAZ A TODOS!!


BOLO REIKI



Preciso deixar bem claro que não sou uma mestre-cuca e, nem tenho a pretensão de ser uma Chef de Cozinha. Mas, de vez em quando, gosto de me aventurar pelo mundo das comidinhas. Uma dica aqui, uma receitinha ali e minha mente vai acumulando informações preciosas que resolvi colocar em prática primeiro, para depois compartilhar. Este bolo que não tem uma aparência, digamos, das mais convidativas dos bolos tradicionais, esteve pela primeira vez em minha vida na hora do café de um curso Feng Shui. Todos adoraram e pediram a receita. Depois de um tempo, fiz o bolo aqui em casa e todos gostaram. Na segunda à noite, fiz o bolo com a ajuda do meu filhote. Ele adorou participar cortando um pouquinho de nozes, colocando - e comendo - as uvas passas (que o maridão foi buscar correndo por que eu achei que tinha, mas não tinha...) e derramando massa de bolo pelo chão da cozinha ;-) Enfim, creio que a melhor dica para preparar qualquer prato é estar com vontade de fazer, com disposição para errar e com boas energias, principalmente nas mãos. Vamos lá:

BOLO REIKI

4 maçãs raladas com casca
1 xícara de uvas passas sem caroço
1 xícara de nozes picadas
2 xícaras de açúcar (ou 2 xícaras e 
1/2 de açúcar mascavo)
2 ovos
1/2 xícara de óleo
1 colher de chá de bicarbonato
1 colher de chá de fermento em pó
2 colheres de chá de baunilha
2 colheres de chá de canela em pó
1 pitada de sal
2 xícaras de farinha de trigo

Modo de fazer: Use um recipiente grande para misturar todos os ingredientes, menos a farinha, sem bater. Depois de tudo bem misturado, junte a farinha e misture um pouco mais até ficar tudo assim:
Não esqueça de pré-aquecer o forno e de untar a forma (retangular ou de pudim) e coloque para assar em forno médio de 30 a 40minutos. Pronto!!!

O bolo foi chamado de reiki, em homengagem a essa prática...O bolo contém ingredientes bem energizados e saborosos. Já ouvi dizer que a maçã é um dos alimentos que potencializa a força dos chacras. Mas para ser mesmo um bolo reiki, ele deverá receber energia reiki das mãos de pessoas que pratiquem reiki, que tenham reiki em suas mãos.

Para saber mais sobre Reiki:

Reiki é uma técnica de cura natural criada no final no século 18 pelo sacerdote e reitor japonês Dr. Mikao Usui. A aplicação de Reiki consiste em colocar a mão sobre pontos específicos do corpo (com toque, apenas aproximação ou à distância) para limpar a energia doente e permitir a harmonização energética e o processo de autocura do organismo. O Reiki age como se fosse ondas de rádio. Alguns dos significados para Reiki: Energia Vital Universal, Energia de Vida, Grande Espírito Divino, Força Universal, Onda Cósmica.

REIKI PARA ANIMAIS UM TESTEMUNHO



Reiki para animais é também uma forma de cuidar dos nossos companheiros fieis. Marta Silva, uma das nossas voluntárias, do núcleo de Guimarães, da Associação Portuguesa de Reiki, no abrigo de animais de Famalicão, testemunha uma fantástica recuperação. Mais uma prova que o Reiki é maravilhoso!!  

“Ontem fui ao Abrigo de tarde e ainda bem que fui!! Se não tivesse ido ia perder algo mesmo muito emocionante!! Na semana passada falei na Fox (a cadelinha tetraplégica cheia de energia e com uma vontade imensa de andar!) A Fox é esta beldade que vemos na foto!!! É linda!! Ontem quando entrei na clínica e passei pelo primeiro consultório reparei que estava lá a Fox sentada no chão e qual não foi o meu espanto quando ela me viu e desatou a ganir querendo pôr-se a pé para correr até mim! Fiquei ali especada com um sorriso que vinha desde dentro até aos olhos que deviam estar brilhantes… tão brilhantes como em todas as outras vezes em que a felicidade extrema me invade!
A Fox pôs-se a pé com a ajuda da veterinária e caminhou até à porta! Foram cerca de dois metros de pura intensidade e maravilha! Quando chegou ao pé de mim deixou-se cair cansada pois passou o dia a andar! Fiquei quase com lágrimas nos olhos de tão emocionada! Foi tão bom testemunhar o querer e a vontade de uma cachorrinha em fazer algo por si e em querer mostrá-lo! É uma autêntica força da natureza!

Disseram-me depois que a Fox tinha começado andar nesse dia de manhã e não mais tinha parado! Claro que anda muito limitada, cansa-me muito e tem ainda a questão das patinhas da frente que não oferecem as melhores condições físicas para caminhar… mas ontem percebi que esse dia vai chegar… a Fox vai caminhar e correr e saltar!! ” – Marta Silva

REIKI PARA COBRAS


A britânica Sonia Johanna Page, de Brighton (Inglaterra), oferece um serviço inusitado: terapia reiki para cobras.
 “É uma experiência bem relaxante para elas”, disse Sonia ao site “Argus”.
O reiki é uma terapia de origem japonesa criada em 1922 e baseada na manipulação da energia vital (ki) por meio da imposição de mãos, com o objetivo de restabelecer o equilíbrio vital e espiritual e, assim, eliminar as doenças e promover a saúde.
“Sempre tive interesse em coisas de natureza espiritual e o meu amor pelos animais me levou a um mestre que me ensinou a comunicação e a cura animal”, comentou a britânica.

Sonia começou a utilizar a prática com uma tarântula que ela mantém como animal de estimação. Depois de muito treinamento, ela se sentiu segura para trabalhar com cobras. A britânica também pratica o reiki com cães, gatos, cavalos e pessoas.

MARQUE SUA SESSÃO DE REIKI



AGENDE SUA SESSÃO DE REIKI:
Podem marcar no horário matutino e vespertino na semana do dia 18/11/2013, ou durante o horário noturno nos demais dias, exceto feriados e finais de semana que atendo em qualquer horário.
Pode ter certeza que não é nenhum incômodo atender uma ligação de madrugada ou outro horário, pois para um Mestre é uma satisfação poder ajudar no momento em que uma pessoa necessita.
Por isso não deixe para depois que às vezes pode ser tarde, a terapia não é apenas para os doentes, ela serve para prevenção e melhora na nossa qualidade de vida, por isso experimente, ou participe de eventos com o REIKI e saiba do que estou falando, e quem já fez sabe no que digo, é uma sensação de muita paz e tranquilidade, e serve muito bem para meditação e também para dar muita disposição e aliviar problemas físicos e emocionais.
O Reiki é um método de cura natural, de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde. Possui benefícios inumeráveis, em uma sessão de Reiki pode se obter curas incríveis! Ele ajuda a despertar o poder que existe dentro de nós, potencializando nossa energia. Fazer um tratamento com Reiki é mostrar ao universo que você quer uma mudança, que você quer evoluir e melhorar, e é isso que ele vai ajudar você a conseguir. Cada pessoa tem um processo particular nas sessões. Pode ser feito somente para relaxamento, mas o mais comum é para quem procura uma mudança na sua vida, uma melhora.
Essa energia está disponível 24 horas por dias, podendo ser aplicado em qualquer pessoa, qualquer idade, raça, cor ou classe social. Podendo ser usada em qualquer local, todos os dias. O Reiki é simples e acessível a qualquer pessoa e estilo de vida. Pode ser enviada a distância, para pessoas, situações ou locais que necessitam, que possam estar em crise. Trabalhando também para uma situação do passado como um trauma, ajudando a minimizar os danos emocionais, ou para o futuro como uma prova ou uma entrevista.
Segue abaixo alguns benefícios, lembrando que ele pode ser aplicado junto com qualquer outro tratamento médico, não o substituindo.
Tem excelente ação calmante, anti-estresse e possui efeito analgésico contra dores físicas em geral;
Atua contra fobias, traumas, medos, insegurança e pânicos e depressões;
Reduz a insônia, traz paz e tranquilidade;
Reduz a hiperatividade;
Aumenta imunidade do organismo;
Tem ótima ação cicatrizante e calcificante;
Melhora a concentração e a capacidade decidir;
Gera paz interior, relaxamento, tranquilidade e leveza;
Já é utilizado em muitos hospitais de Portugal e Espanha para pacientes que fazem quimioterapia, diminuindo os sintomas e acelerando a recuperação, na América do Norte, e aqui no Brasil é pouco usado mais já aplicam em Florianópolis, São Paulo.
Cria confiança, segurança, coragem, força e otimismo;
Melhora o nível de qualidade dos relacionamentos;
Estimula intuição e criatividade;
Aumenta a disposição física;
Equilibra o emocional;
O Reiki trabalha os quatro pilares: emocional, mental, físico e espiritual.

Sejam bem vindos a está maravilhosa terapia natural sem contra-indicações!


ENTRE EM CONTATO COMIGO E AGENDE SEU HORÁRIO!


terça-feira, 8 de outubro de 2013

REIKI NAS MÃOS DA CIÊNCIA



Reiki é apontado por pesquisa como técnica que traz vantagens reais à saúde, além do efeito psicológico

Reiki é apontado por pesquisa como técnica que traz vantagens reais à saúde, além do efeito psicológico.
A evolução da tecnologia e o recente despertar da comunidade científica para um conceito mais abrangente de saúde — a meta é viver bem, e não somente debelar males — fizeram o reiki ganhar a atenção dos pesquisadores. Na americana Universidade de Virginia, por exemplo, uma revisão sobre sua influência na contenção da dor em pacientes com câncer ressaltou os resultados positivos. “São necessários levantamentos adicionais para confirmar os achados, mas a princípio o reiki foi bastante eficiente na redução do incomodo”, concluíram os autores.
Mas será que ele ajudaria a combater o tumor em si? Segundo um trabalho do psicobiólogo Ricardo Monezi, da Universidade Federal de São Paulo, provavelmente sim. Ele aplicou o reiki em ratos e, na sequência, analisou suas células de defesa. “Em comparação com o grupo de controle, esses animais apresentaram um sistema imune mais agressivo contra a enfermidade. E nem precisamos falar que bichos não acreditam em reiki”, ironiza. Verdade que o nosso organismo não é idêntico ao de roedores, contudo está aí um indicativo do poder da imposição de mãos.
O simples fato de crer que determinado procedimento acarretará uma melhora na saúde já leva o corpo a ter reações positivas. Por isso mesmo, em estudos sobre reiki com seres humanos, o desafio é justamente diferenciar o chamado efeito placebo de resultados reais. Em outras palavras, verificar se a prática incrementa a saúde por si só ou se um achado favorável é fruto apenas da força da imaginação.
Com isso na cabeça, Ricardo Monezi decidiu testar o verdadeiro potencial da técnica no alívio da tensão. Ele separou vinte e cinco idosos estressados para serem cuidados por terapeutas especializados em reiki. Outros vinte e cinco senhores na mesma situação receberiam, digamos, uma terapia falsa — os aplicadores simulavam os gestos e as posições das mãos, mas não haviam sido treinados e nem conheciam direito o reiki. Detalhe: nenhum dos participantes sabia da diferença entre os grupos. “Essa precaução evita que o placebo interfira nos dados encontrados, já que ambas as turmas imaginam estar recebendo reiki, quando somente uma está recebendo para valer”, arremata Monezi.
Depois de oito sessões, Monezi analisou as estatísticas. Parece incrível, mas, embora todos os voluntários tenham relaxado, aqueles tratados por mestres de reiki relataram uma tranquilidade maior e duradoura. Além disso, os músculos da testa desse pessoal ficaram menos rígidos, outro sinal de que o nervosismo foi aplacado. Aliás, apesar de a avaliação ter sido realizada em indivíduos na terceira idade, é provável que jovens apresentem resultados similares.
Apoiados em uma metodologia parecida com essa, investigadores da Universidade de Granada, na Espanha, notaram que sujeitos hipertensos atenuaram o quadro com sessões regulares de reiki. “Também há trabalhos com diabete, epilepsia, depressão…”, conta Monezi. “É óbvio que precisamos de mais informações, porém, ao que tudo indica, a técnica provoca bem-estar em vários níveis”, defende. A médica Sandra Caires Serrano, diretora do Serviço de Cuidados Paliativos do Hospital A.C. Camargo, na capital paulista, completa: “O que ainda não se conhece é a forma como isso ocorre”.
Certas teorias mencionam uma energia eletromagnética que seria canalizada pelos terapeutas. Outras sugerem que a física quântica estaria envolvida nesse fenômeno. Independentemente disso, o fato é que alguns pontos-chave do corpo, onde os cuidadores devem colocar as mãos durante uma sessão de reiki — os chacras —, coincidem com importantes glândulas. E talvez, só talvez, a energia atue nesses órgãos, ocasionando um equilíbrio geral.
ALTERNATIVA OU INTEGRATIVA?
O sucesso do reiki não justifica, sob nenhuma hipótese, seu uso no lugar da medicina tradicional. “O ideal é integrá-lo com abordagens convencionais”, reforça Plínio Cutait, coordenador do Núcleo de Cuidados Integrativos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Caso contrário, você corre o risco de não receber o tratamento adequado para um problema e, então, complicar-se sem necessidade. E isso, parece claro para todos, também está comprovado pela ciência.


REPORTAGEM SOBRE REIKI NO "EL DIARIO"



El reiki, una alternativa para resolver conflictos emocionales

El Diario | 2013-09-29 | 20:09
La “paciente” entró en la habitación, dudosa de lo que ahí encontraría. En el cuarto relativamente pequeño predomina la presencia de una cama especial donde ella se recostó para iniciar el proceso de “sanación”.

El sitio lo adornan piedras, una planta de bambú y el olor tranquilizante del incienso. El silencio inquieta y de la mente de la mujer que está por iniciar el método de canalización de energía emergen pensamientos de inseguridad, frustración y otros asuntos reprimidos.

No se trata de magia ni esoterismo. Es reiki, un método de sanación natural que canaliza energía a través de las manos y trabaja el cuerpo físico, emocional, mental y espiritual.

Para practicar reiki se necesita de dos personas, la que lo imparte, quien funciona como una especie de “filtro” colocando las manos en diferentes puntos energéticos de la persona que recibe la sesión que es una “coladera” próxima a ser destapada, a liberar tensiones y a dejar ir el pasado.

La mujer que recibió la terapia alternativa lo describe como un viaje alucinante y a la vez lleno de relajación, donde predominaban los colores pasteles y luces destellantes, voces y rostros del pasado y la sensación de un calor reconfortante cada vez que el practicante de reiki ponía las manos en algún punto de su cuerpo.

El ya citado método de sanación está siendo adoptado por los juarenses como una alternativa para resolver los propios conflictos emocionales de aquellos que son aquejados por alguna enfermedad o de quienes simplemente están confundidos respecto a quiénes son realmente.

Ramón Morales, practicante de reiki desde 2007 y maestro en la disciplina desde 2010, comenta que es un método muy noble y puede ser aprendido por cualquier persona, pues todos nacemos con la capacidad de sanarnos a nosotros mismos y no es exclusivo para ningún tipo de persona.

Morales explica que el desglose de la palabra reiki para comprender su significado es rei: vacío, universo, cosmos, divina; y ki: energía, aliento, soplo. Entonces se puede definir al reiki como la energía vital.

El “reikista”, por así llamarlo, relata que el doctor Mikao Usui, creador del reiki como tal, lo nombró energía misteriosa cósmica espiritual.

Ramón enfatiza que esta práctica es un método muy noble y a la vez directo, pues dice: “te pone en un espejo, te enfrenta a ti mismo” y agrega que el trabajo de sanación lo hace quien recibe la terapia, no quien la imparte.

“Es como ir al gimnasio, tú pagas el instructor, pero el que hace el trabajo, el esfuerzo, eres tú. Aquí funciona igual y es el énfasis que hago a las personas que vienen aquí buscando una sesión. Les digo ‘yo soy la herramienta pero usted se va a sanar a sí mismo’”, dice.

Recalca que no es difícil de aprender pero que sí requiere el compromiso de la persona que se inicia en el proceso de sanación para enfrentar la vida desde una perspectiva diferente, que nos ayude a conseguir la felicidad, despertar espiritualmente y expandir nuestra conciencia.

En su explicación menciona que su objetivo principal es encontrar la iluminación, liberar de las causas de sufrimiento y “ser felices hoy”, lo que se complementa con ejercicios de meditación, respiración y hábitos saludables en todos los aspectos.

Cuenta que durante cada sesión, que dura entre 45 minutos y una hora, se crean las condiciones óptimas para llevarla a cabo, como veladoras, música y aromatizantes a manera de trabajar mediante un canal primordial de energía que es la respiración.

Ramón refiere que el origen de la mayoría de las enfermedades o los conflictos emocionales reside en la falta del trabajo del cuerpo espiritual, pues dice que todas las represiones generan bloqueos energéticos.

“Por ejemplo, alguien que tiene mucho miedo presenta colitis que si no se libera se puede convertir en un cáncer. Aquellos que se manejan a través de la ira pueden presentar gastritis, o las personas que tienen problemas para decir lo que sienten enferman de tiroides”, aclara.

Menciona que a lo largo de su experiencia como impartidor de reiki ha conocido a personas que se enfocan en ayudar a otros y se olvidan de sí mismas, pero que mientras alguien no deje que sus represiones trasciendan no podrá hacerlo, pues “si no trabajamos con nuestro propio cuerpo no podemos ayudar”.

Sobre las sensaciones que se perciben durante el momento de la sesión, el maestro en reiki dice que varía de persona a persona y lo que traiga interiormente.

Puede presentarse ira, tristeza calor, frío, pulsaciones e incluso la necesidad de liberar el llanto y otros estados de ansiedad.

Cuenta que por su cama de terapia han pasado desde enfermos con cáncer hasta personas que han sido abusadas sexualmente y están buscando un camino interior y un encuentro consigo mismos.

Respecto al resultado primordial de recibir una sesión de reiki esclarece que se centra en la toma de mejores decisiones, pues al deshacerse de los bloqueos energéticos establece parámetros naturales y reajusta el ser.

Al empezar a sanar, dice, se presentan cambios en la forma de vida, modifica patrones de pensamiento y comportamientos nocivos. Muestra la vida de quien lo recibe tal y como está en ese momento, toma consciencia de las causas del sufrimiento y se asume la responsabilidad de actuar.

También lo describe como un camino hacia adentro, donde ya no se responsabiliza a otros por el estado físico y emocional, sino que introduce cambios en la forma de ver las cosas.

Ramón enfatiza que al vivir en una ciudad plagada de estrés y depresión ésta puede ser una herramienta para encontrar la paz y encontrarse a sí mismo.

Por las sesiones que imparte recibe una remuneración voluntaria del paciente y si alguien por alguna circunstancia no puede hacer un aporte económico, de igual forma recibe la terapia, pues Ramón dice que lo hace por transmitir los beneficios de recibir reiki.

Entre los otros bienes que aporta el método de sanación natural que imparte Morales están el desarrollo de la consciencia, liberación de emociones, aumento de creatividad, proporciona confianza, desbloquea energéticamente, controla estrés y alivia el dolor físico y de pena, por mencionar algunas.

Ramón Morales cuenta que actualmente está siendo adoptado por la medicina como una alternativa para algunos pacientes que tengan algún padecimiento a la par con su tratamiento médico.

Además comenta que para él funcionar como una especie de filtro para aquel que acude a su estudio terapéutico en busca de sentirse bien consigo mismo y su entorno es una responsabilidad y a la vez un privilegio, por todo lo que aprende de aquellos que literalmente pasan por sus manos.

El impartidor de reiki aclara que no es magia, ni espiritismo o videncia y que el encargo de sanarse a sí mismo recae en cada uno de nosotros.

También lo descarta de ser alguna religión o sistema de creencias, lo define más como un estilo y filosofía de vida basado en el respeto y amor a sí mismo y hacia los demás, en el que los resultados no aparecen de forma “mágica”, requiere constancia en la práctica y paciencia. “Todos podemos hacerlo por nosotros mismos, pero hay que aprender a percibir nuestra propia energía”. (Cinthya Ávila/El Diario)